Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007

As seitas e a lavagem cerebral (2)

A presença de temas religioso-espirituais em consultas de Psicologia e de Psiquiatria, vem reforçar a pertinência da realização de estudos sobre a problemática da adesão e manipulação (controlo do pensamento) em seitas e cultos apocalípticos.

De acordo com o DSM-IV (American Psychiatric Association, 1996), a categoria Z71.8 Problema Religioso ou Espiritual deve ser usada quando o foco de atenção é um problema religioso ou espiritual. No DSM-IV-TR (American Psychiatric Association, 2002), esta categoria passou a ter o código V62.89. Exemplos incluem: experiências negativas que implicam perda ou questionamento da fé, problemas associados com conversão a uma nova religião, questionamento acerca dos valores espirituais que podem não estar necessariamente relacionados com uma igreja organizada ou instituição religiosa.

Os problemas religiosos têm recebido muito mais atenção que os problemas espirituais na literatura clínica e de investigação. Nos Estados Unidos da América, há cerca de uma dúzia de revistas dedicadas ao aconselhamento pastoral e um número maior à "Psiquiatria cristã". Adicionalmente, há organizações profissionais e conferências que se debruçam sobre problemas religiosos. Os exemplos mais comuns de problemas religiosos descritos na literatura clínica, são: a perda ou questionamento da fé, mudança na denominação do movimento religioso ou conversão a uma nova religião, intensificação das crenças e práticas religiosas, e juntar-se ou envolver-se com um novo movimento religioso ou culto (Lukoff et al., 1996).

Segundo Scharfetter (1999), o conteúdo e os temas das crises devem diferenciar-se em: (1) temas profanos; (2) temas existenciais; e, (3) temas religioso-espirituais. Nos temas e conteúdos religioso-espirituais, o que está em causa são questões de fé; de redenção no desenvolvimento da consciência, para além da consciência do dia-a-dia; e finalmente como ponto culminante da espiritualidade: de mística.

Para além disso, entre os membros destas organizações ocorrem muitos suicídios. As seitas/cultos atribuem-nos a estados depressivos, mas esses estados podem ter origem precisamente na angústia injectada por essas organizações. Para além disso, os adeptos que deixam as seitas/cultos destruidores sofrem, frequentemente, da síndroma de Estocolmo, desejando voltar para a organização, como se tivessem ficado dependentes da mesma, do "agressor". Não faltam também pessoas desamparadas por terem sido enganadas e espoliadas dos seus bens materiais, e depois não quiseram saber delas quando tiveram necessidade (Prieto, 1994).

Salarrullana (citada por Prieto, 1994), promotora da Comissão Parlamentar Espanhola para o Estudo das Seitas, descreve as sequelas da pertença a organizações religiosas destruidoras: raciocínio escasso ou nulo; instabilidade emocional, passando quase sem transição de estados de euforia a estados de depressão; perda de livre-arbítrio; diminuição da capacidade intelectual, do vocabulário e do sentido do humor; respondem automaticamente às perguntas que lhe são dirigidas; parecem robots programados para uma única resposta: a "cassete" que escreveram no seu cérebro; tendências neuróticas, psicóticas ou suicidas; alucinações, pânico, confusão mental, desdobramento da pessoa e paranóia. Tudo isso constitui o conjunto de sintomas do Síndrome Dissociativo Atípico. Para que muitos dos ex-adeptos destas organizações possam recuperar a saúde mental e a integração social precisam da colaboração de desprogramadores que os ajudem a sair do "círculo infernal fechado" em que se meteram (Prieto, 1994).

publicado por alexandreramos às 15:52
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Sobre o autor

. Será o fim do mundo um es...

. Sobre o autor

. Fantasmas

. Inteligência Espiritual

. Vem aí o fim do mundo?

. Kundalini awakening

. Delírio de grandeza

. Egos inflados

. Escalas de medida da vari...

.arquivos

. Julho 2015

. Abril 2011

. Outubro 2010

. Maio 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds